domingo, 3 de setembro de 2017

Robinson destaca turismo religioso no RN após canonização dos Mártires

No mês de outubro, os mártires de Cunhaú e Uruaçu, vítimas de massacres ocorridos em 1645, nos municípios de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante, serão canonizados e reconhecidos como santos pela Igreja Católica. O fato marca a história, religião e turismo do Rio Grande do Norte, já que o estado potiguar terá os primeiros mártires santificados do Brasil. Damiana Vicente Ferreira, mora em Canguaretama, é devota dos mártires de Cunhaú e comemora a canonização. “Minha família inteira tem devoção pelos mártires que derramaram sangue por Jesus. Tudo que peço a eles, consigo alcançar”, contou a fiel.

Para discutir os detalhes do evento que acontecerá no Vaticano, em Roma e o apoio do Governo do Estado na preparação do município de Canguaretama para receber fiéis após a canonização, o governador Robinson Faria esteve na cidade da região Agreste na manhã deste domingo, 03, e participou de uma missa no Santuário Chama de amor, com o padre José Neto. Antes da missa, Robinson visitou a Fazenda Cunhaú, onde está a capela Nossa Senhora de Candeias, um dos cenários do massacre.

Na ocasião, o governador afirmou que será construída uma área de lazer, banheiros e serão oferecidas opções de lanchonetes e restaurantes. Além disso, Robinson destacou que a estrada que liga a BR-101 a igreja principal será restaurada. “O local ficará adequado para receber a alta demanda de visitantes”, destacou o chefe do executivo estadual. Robinson acrescentou que “após a canonização, nosso estado receberá peregrinações e movimentação de fiéis do mundo inteiro nas cidades onde os mártires passaram. Por isso, vamos investir na infraestrutura e incentivar cada vez o turismo religioso em Canguaretama e São Gonçalo do Amarante, gerando emprego, renda e desenvolvimento para a região”.

A prefeita de Canguaretama, Fátima Marinho, agradeceu o apoio e ações do governo. “Estamos em contato permanente com a administração estadual para colocar em prática o projeto e atrair mais turistas e fiéis para nosso município”, disse Fátima.

Acompanharam o governador na visita ao município, a primeira-dama e secretária da Sethas, Julianne Faria e o deputado estadual, Dison Lisboa.

HISTÓRIA

Os mártires potiguares foram vítimas de dois massacres, ambos no ano de 1645, no contexto das invasões holandesas no Brasil. O primeiro na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho de Cunhaú, município de Canguaretama; outro em Uruaçu, comunidade do município de São Gonçalo do Amarante. Todos foram brutalmente assassinados por ódio à Igreja Católica. Entre eles, estavam os padres André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro, além do camponês Mateus Moreira, que teve o coração arrancado.


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

câmbio

Nossa Nova Fanpage

LBV.org/DigaSim

Image and video hosting by TinyPic

Sua Marca em destaque!


castelo zé dos montes


Bar espaço do forró


Art-Voz Studio

Image and video hosting by TinyPic

Anuncie no nosso site!

Twitter

sugira uma notícia

Nome

E-mail *

Mensagem *