quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O Manchete Potiguar esteve na Fazenda Irapuru em Tangará e registrou maravilhosas fotos para você leitor

(Capela de Santa Luzia construída há mais de 70 anos)

Durante o dia de ontem, 16 de agosto, o Manchete Potiguar juntamente com o secretário de turismo Adegilson Gonçalo e o coordenador de turismo, Joseildo Gomes de Sítio Novo estivemos na Fazenda Irapuru, Tangará-RN, que pertenceu ao Major Theodorico Bezerra, grande liderança política de sua época. Também estiveram presentes em Irapuru a subsecretária da Setur-RN e outros participantes da reunião do Pólo Agreste-Trairi realizado na Câmara Municipal de Tangará.

A fazenda guarda um acervo pessoal de Theodorico Bezerra rico e histórico em que através de peças, móveis, arquitetura e fotos contam o passado dos tempos de 'ouro' da fazenda Irapuru.

O nosso 'guia' foi o professor e historiador Antônio Bidu que nos contou um pouco da grande história da Fazenda Irapuru que foi grande reduto de grandes lideranças políticas potiguar à época.


Segundo pesquisa do Manchete Potiguar realizada no WikipédiA a histórica Fazenda Irapuru localiza-se no município de Tangará, no estado do Rio Grande do Norte. Fundada por Theodorico Bezerra, o maior produtor de algodão do Rio Grande do Norte à sua época, a fazenda ganhou notoriedade por sua vasta extensão territorial (14 mil hectares, ou 144 quilômetros quadrados) bem como pelo modo de vida peculiar de seus três mil habitantes.

Esta Fazenda servia como reduto privado do potentado potiguar, Theodorico Bezerra, como um do(s) último(s) espaço(s) de poder, paralelo a nação brasileira, ainda remanescente no interior do Nordeste, na segunda metade do século XX.


Irapuru sobreviveu como um verdadeiro estado independente e/ou o “mundo” particular nos sertões do Seridó Norte-Rio-Grandense, pois tinha uma econômica autônoma e isolada da realidade onde estava inserida, tornando-a assim uma cidadela ou comunidade separada do mundo a sua volta, tratada como uma comunidade particular e que, tinha um código de leis próprias, estabelecido pelo major-coronel, como é um caso sui generis, do período, pelo modo de vida dos seus moradores que obedeciam incontestavelmente à figura do major-coronel Theodorico Bezerra, que exercia o poder e o mando, como de um verdadeiro “Imperador do Sertão.”

Irapuru era transformada em um espaço de ordem local paralela ao estado e município que estava inserida, tornando-a assim, em um ambiente ímpar e particular do momento, além do período em perdurou o sistema coronelista.

Visitaram ou hospedaram-se na fazenda nomes relevantes da política brasileira, como o ex-presidente Juscelino Kubitschek, o cartunista e jornalista Henfil, o escritor Luís da Câmara Cascudo, o capuchinho Frei Damião de Bozzano, os senadores José Agripino Maia e Garibaldi Alves Filho, atestando a influência política de Theodorico Bezerra. A fazenda, seu proprietário e suas relações com os moradores do local foram os temas de um documentário realizado pela Rede Globo em 1978, intitulado Theodorico, o Imperador do Sertão.

Mais imagens da Fazenda Irapuru































Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

câmbio

Nossa Nova Fanpage

Sua Marca em destaque!


Posto Raíssa II - Sítio Novo

Image and video hosting by TinyPic

castelo zé dos montes


Bar espaço do forró


Art-Voz Studio

Image and video hosting by TinyPic

LBV.org/DigaSim

Image and video hosting by TinyPic

Anuncie no nosso site!

Twitter

sugira uma notícia

Nome

E-mail *

Mensagem *