sábado, 26 de agosto de 2017

Justiça Federal do RN condena empresário Edvaldo Fagundes a 21 anos de prisão no regime fechado

O juiz Orlan Donato Rocha, titular da 8ª Vara da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, em Mossoró, condenou o empresário Edvaldo Fagundes, controlador do Grupo Líder, e outras onze pessoas, incluindo seus familiares, pelos crimes de sonegação fiscal, apropriação indébita previdenciária, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Os condenados deverão cumprir penas que vão desde prestação de serviços à comunidade até 21 anos de prisão em regime fechado (caso de Edvaldo). Os réus foram responsabilizados por abrirem empresas em nome de “laranjas” para não pagarem impostos federais.

A sentença encerra quatro anos da investigação iniciada em 2013 com a deflagração da operação Salt, pelo Ministério Público Federal de Mossoró, com o objetivo de desarticular a organização criminosa.
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

câmbio

Nossa Nova Fanpage

Sua Marca em destaque!


Posto Raíssa II - Sítio Novo

Image and video hosting by TinyPic

castelo zé dos montes


Bar espaço do forró


Art-Voz Studio

Image and video hosting by TinyPic

LBV.org/DigaSim

Image and video hosting by TinyPic

Anuncie no nosso site!

Twitter

sugira uma notícia

Nome

E-mail *

Mensagem *